0

Frio combina com….caldo e amor!

IMG_9765 Com esse friozinho nós aqui de casa adoramos tomar um caldo cremoso, e eu adoro preparar! Vira e mexe resolvo misturar ingredientes pra fazer algo diferente, ás vezes ficam saborosos outros nem tanto…mas o último ficou excelente e todos curtiram bastante, por isso vim compartilhar. Então lá vai:

Caldo cremoso de abóbora, cenoura, batata e gengibre com creme de espinafre e milho fresco

Ingredientes do caldo: 1/2 abóbora kabotiá, 4 cenouras médias, 2 batatas médias, cerca de 3 cm de gengibre, 1 cebola média, 4 dentes de alho (coloque menos se não gostar muito), sal e cheiro verde a gosto. E três espigas de milho para servir junto.

Ingredientes do creme de espinafre:  1/2 maço de espinafre lavado, 1 colher de sopa de queijo meia cura ralado, 1 dente de alho, azeite, sal a gosto e suco de meio limão. Legal também seria adicionar amêndoas ou castanhas do pará trituradas, mas eu não tinha em casa então foi sem mesmo.

Modo de preparo: Primeiro retire os grãos de milho da espiga, coloque em uma panela com água (deixe uns 2 dedos de água acima do milho) e deixe cozinhar em fogo baixo, mexendo de vez em quando. Em outra panela, refogue o alho, a cebola e o gengibre, assim que começar a dourar adicione a abóbora, a cenoura e a batata picados grosseiramente. Mexa, adicione 2 xícaras de água e deixe ferver também em fogo baixo.

Agora o molho de espinafre: pique grosseiramente o espinafre e bata no liquidificador junto com o queijo, o alho, o suco e o sal. Com o liquidificador ligado, adicione o azeite e vá colocando água aos poucos até ficar um creme. Aqueça-o pouco antes de servir. E a esta altura seu milho deve ter secado uns 50% da água então adicione sal, azeite ou manteiga, se preferir, e cheiro verde. Mexa e continue observando até secar a água.

Quando seus legumes estiverem bem macios, com uma escumadeira coloque-os no liquidificador, vá batendo e adicionando a água do cozimento bem lentamente, até que se obtenha um caldo bem cremoso! Coloque sal, azeite e voilá. Sirva o caldo cremoso com o creme de espinafre por cima e, por último, um pouco do milho. Simples, saboroso e nutritivo!

O mais bacana é que, se sobrar água do cozimento você pode congelar e usar depois como caldo de legumes em alguma outra receita 🙂

Anúncios
0

De mãe pra filha

Batata recheada

Batata recheada

Há tempos, quando apenas minha mãe comandava o fogão de casa, comíamos ás vezes uma deliciosa batata recheada que sempre fazia sucesso.      Hoje, cuidando da alimentação da minha família, muitas vezes lembro dos pratos que ela fazia e que eu adorava. Pensando nisso e mesmo não sabendo exatamente a receita dela, resolvi me arriscar e fazer as famosas batatas.
Reinventei e deu muito certo, tão certo que a única coisa que sobrou foram os elogios do marido e do filhote (..”batata gotosa mãe” <3). Como a preparação é rápida e o resultado maravilhoso resolvi compartilhar com vocês, mães super ocupadas. Anotem aí!

    Batatas recheadas (lacto vegetariana)

Ingredientes:
Batatas grandes (a quantidade você decide porque elas serão cortadas ao meio então faça conforme as pessoas de sua família) lavadas
Azeite extra virgem
Cheiro verde
Espinafre
Requeijão
Sal

Modo de preparo:
Corte as batatas ao meio (no comprimento) e coloque com casca para cozinhar com sal. Fique atenta porque elas não podem cozinhar demais, tem que ficar al dente. Enquanto elas cozinham, lave o espinafre, o cheiro verde e dê uma picada neles, bem grosseiro mesmo.
Depois que a batata estiver macia, escorra e com uma colher tire uma parte do miolo e coloque no liquidificador. Elas tem que ficar como um barquinho, cuidado para não tirar muito e deixar o fundo só na casca.
Coloque o espinafre, o cheiro verde, bastante azeite e um pouco de sal junto com o miolo que você tirou e bata tudo no liquidificador.
Depois, forre uma badeja com papel alumínio e disponha os barquinhos de batata, primeiro coloque uma colher de chá de requeijão e depois o creme que você bateu. É só colocar no forno 180° pré aquecido por mais ou menos 15 minutos e pronto!

A receita pode se tornar vegana se tirar o requeijão e fica deliciosa do mesmo jeito. Faça o teste!

ps. eu não tinha batatas muuuito grandes na ocasião mas deu certo.

 

0

A verdura do Popeye

purê

Purê de batatas com espinafre

Toda mãe sabe como ás vezes é difícil fazer nossos pequenos comerem certos tipos de verduras, legumes ou até mesmo frutas. Então, como boa mãe neurótica que sou, sempre cuido muito bem da alimentação do João – apesar de meu gorducho comer sempre com apetite. Não tenho do que reclamar nesse sentido. Até jiló, cebola e alho cru ele adora, além de uma variedade enorme de verduras e frutas.

Mesmo disposto a provar coisas novas, meu pimpolho não gosta de espinafre. Sempre o preparei refogadinho, mas percebia que o João não comia. Só quando eu fazia bolinhos, ele aceitava. Ao perceber isso, decidi “esconder” o espinafre em algumas receitas e tem sido assim desde então.

Portanto, mães e pais preocupados com a nutrição dos pequenos, aí vai uma das receitinhas gostosas, nutritivas e super fáceis de preparar que faço com essa verdura cheia de ferro, cálcio e fibras.

Purê de batatas com espinafre:

Descasque, pique e coloque pra cozinhar – sem sal mesmo –  5 ou 6 batatas (depende do tamanho e da fome da família). Enquanto isso lave o espinafre (a quantidade fica a seu critério, mas lembre-se que ele murcha bastante), pique uma cebola pequena e quando as batatas estiverem bem cozidas escorra, amasse-as bem até virar um purê e reserve.

Na mesma panela refogue a cebola picada com um fio de azeite até ficar douradinha e acrescente o espinafre, logo em seguida coloque as batatas amassadas e mexa bem. Depois é só ir colocando leite aos poucos até que o ponto do purê fique do jeito que você gosta. No fim, adicione sal á gosto e pronto!

Eu acho bacana colocar amêndoas picadinhas para incrementar o valor nutricional, vale a pena. Você pode fazer a mesma receita com abóbora ou simplesmente cozinhar o arroz junto com a verdura  preferida do Popeye.

Depois do seu pimpolho comer esse purê delicioso lembre-se de oferecer alguma fruta rica em vitamina C para que o ferro do espinafre seja melhor absorvido pelo organismo. Bom apetite!