2

Bolinho da tia Nô

Bolinhos de grão de bico

Bolinhos de grão de bico

Eu demoro muito pra postar mas quando decido retomar o blog,  acaba indo tudo de uma vez. A vida é assim mesmo, uns dias com mais tempo e outros (a grande maioria) sem nenhum disponível. E como eu adoro fazer novas receitas, tento sempre compartilhar as que são práticas e que o João adora.

Dessa vez a história é rápida, meu marido viajou há algum tempo pra São Paulo e aproveitou para visitar alguns dos meus familiares. Em uma dessas visitas ele provou um bolinho de grão de bico que minha tia Noemi preparou com muito carinho e que agora vou divulgar.

João super aprovou (claro, quem é que não gosta de uma fritura ás vezes?!), eu fiquei feliz com o resultado porque além de vegano e fácil de preparar é uma delícia deliciosamente deliciosa. Faz o teste!

    Bolinho de grão de bico

Ingredientes:

2 xícaras de grão de bico

5 colheres de sopa de farinha de trigo

1/2 cebola

3 dentes de alho

3 colheres de sopa de azeite

Cheiro verde a gosto

1 colher de sopa de majericão picado

Suco de meio limão

Sal a gosto

Modo de preparo:

Deixe o grão de bico de molho de um dia para o outro e cozinhe na pressão com sal até ficar bem molinho depois amasse com um garfo grosseiramente. Acrescente os outros ingredientes e misture muito bem, faça as bolinhas e frite em óleo quente.

Se você gosta de uma pimentinha, coloque a sua favorita!

1

Na escola, na lancheira

Hora do lanche!!

Hora do lanche!!

Não há desculpas para tanto abandono. Uns me perguntam “você desistiu do blog?” ou “poxa, gostava tanto dos seus posts, pena que você não escreve mais”. Eu gostaria de ter mais tempo, tanto para o blog quanto para mim mas a vida não anda corrida, ela tá correndo mesmo e muito rápido.

João completou 3 anos e eu, finalmente, já não preciso mais comprar fraldas. A cada dia que passa me orgulho mais da pessoinha esperta, curiosa e falante que tenho em casa. Na última reunião escolar que fui só ouvi elogios e isso me deixou muito feliz, claro! Acompanho tudo o que acontece na escola e seguro as lágrimas quando aquela mãozinha escreve a letra “J” ou os números “1, 2 e 3”.

E já que estou falando de escola, quero aproveitar para comentar sobre o lanche. Como todo mundo já sabe minha família é vegetaria e, por sorte, ninguém torceu o nariz quando anunciei nossa escolha alimentar. Pelo contrário, eles foram muito simpáticos e se preocuparam em me ouvir. Deixei tudo muito claro e disse que sempre mandaria um lanche para o João.

Quem me deu mais trabalho foi o pequeno porque ele via as crianças comendo coisas diferentes e sempre me pedia, “mãe, quelo salgadinho”, “mãe, quelo cachorro quente”. Na minha casa sempre conversamos bastante e eu nunca enrolei o João sobre esse assunto, sempre digo a verdade. Então o jeito foi dar uma inovada no cardápio da lancheira para que as outras crianças tenham vontade de experimentar o lanche dele e não vice-versa.

Mando sempre suco natural ou aqueles integrais de uva , alguma oleaginosa (castanha do brasil, amêndoa e pistache são os mais pedidos), um danoninho porque eu também não sou nenhuma megera radical e invento sanduichinhos com pão de forma porque bisnaguinha ele deixou claro que não quer. Ás vezes vai uma fruta que ele adora como mexerica, morango ou goiaba por exemplo.

A última novidade foram os bolinhos de arroz com pesto, receita da Bela Gil que vi no programa Bela Cozinha, no GNT. Fáceis e apetitosos! Mudei duas coisas na receita: não usei arroz integral, foi o branco mesmo e não coloquei o parmesão ralado. As receitas no site são super bacanas pra quem quer fazer algo diferente e melhorar a qualidade da alimentação.

E agora um viva para o retorno do Pé de Feijão!!